Falar de Sexo

Vamos Falar do que é Bom

Comi Minha Aluna

Percebí que faz tempo que não escrevo um conto erótico.

Lembrei de uma vez que comí uma aluna minha.
Há muito tempo eu estudava violão, claro que muita garota adorava isso, mas o fato é que não dava dinheiro.
O pessoal sempre quer pagar menos do que vale o serviço, e agente acaba se dando mal.

Mas não estou aqui para falar dessa vida, e sim que comí minha aluna.
Como o dinheiro de apresentações não dava pra muita coisa, tinha que dar aula de violão também.

Eu tinha uma aluna de uns 15 anos ( na época eu tinha 17 ) e ela aparentava ser pouco mais velha, já tinha o corpo feito. Rosto perfeito, olhos castanhos, cabelos castanho e curtos.

E uma cara de safadinha…

Sempre que eu dava aula para ela pensava em comê-la.

Nessa época era comum eu dar uma aula ou outra na casa do próprio aluno, já que muitos nem sempre podiam ir até minha casa. Claro que cobrava um pouco mais por causa disso

Um dia essa minha aluna pediu para eu ir dar aula na casa dela.
Cheguei lá e comecei a dar a aula, não tinha notado ainda que ela estava sozinha na casa.

Passou um tempo, ela me olha com cara de safada e fala:
– Bem que eu queria que você me ensinasse outra coisa!

Como ainda não tinha percebido que estava sozinha, pensei que eu estava vendo coisas no rosto dela.
Então perguntei:
– Ensinar o que? Outro tipo de música? quer algo de MPB?

Ela respondeu:
– Não percebeu que estamos sozinhos, seu bobo?
E levantou e veio pra cima de mim

Comecei a beijá-la, peguei ela de jeito, dei aquela beijo enquanto passava a mão na nuca.

Pouco tempo depois ela virou e começou a esfregar a bunda no meu pau.
Enquanto isso comecei a passar a mão pelos seios, e ela dizia: – isso, me ensina a ser mulher!

Na aguentava de tanto tesão então escorreguei minha mão em direção aquela bucetinha ( ainda por cima do shortinho que ela usava ).
E ela disse: – aqui não
E já me pegou e me puxou para o quarto dela.

Chegando no quarto dela mandei ela virar e continuar esfregando a bunda no meu pau, como ela estava fazendo.

Tirei a blusa dela e joguei longe, e comecei a passar a mão nos seios dela, eram tão perfeitinhos que me deixavam louco.
Fiz ela virar e dei um beijo na boca dela e depois disse:
– Quero chupar sua buceta!

ela sentou na cama e disse:
– Então vem, que já estou toda encharcada.

Quando tirei a calcinha dela, ví que estava realmente encharcada, então comecei a chupá-la. Eu estava louco de tesão, queria ela chupando meu pau.

Levantei e fui com o pau em direção a cara dela e falei:
– Mostra que é mulher, e chupa!

ela fez deu um sorrisinho e começou a fazer um boquete bom, enquanto isso eu pegava nos peitos dela.
Gozei rápido na boca dela, o tesão era muito.

Então fui retribuir e voltei a chupar aquela buceta.
Depois comecei a meter o dedo naquela buceta. E depois alternava ora chupando, ora metendo o dedo.

Ela gemia muito e isso me deixava excitado de novo.

Depois de tanto fuder ela, ela pegou minha mão e colocou em cima do clitóris e disse:
– Faz assim que eu vou gozar!
E me mostrava o movimento.

Continuei fazendo o que ela mandou e ela gozou em pouco tempo.
Não sabia o que era o clitóris, por isso aprendi com ela naquele dia também.

dezembro 9, 2008 Posted by | Contos Eróticos | , , , , , , , | 3 Comentários