Falar de Sexo

Vamos Falar do que é Bom

Sou lésbica? Não sou?

Oi! Bom,meu caso é meio complicado de explicar,então desculpa se ficar um texto meio grande demais ;)
Namoro há quase 1 ano c/ um carinha,amo ele demais,adoro qnd ele me dá uns amassos mais fortes (a gente sempre fica nas carícias,pois decidi tomar anti concepcional antes de perder a virgindade,então tenho que esperar um pouco). Já gozei qnd ele me masturbou, mas geralmente o orgasmo não é tão intenso qnt qnd eu me masturbo. Até aí tudo bm,acho q isso é meio normal,né? O problema é q eu só consigo me masturbar pensando em garotas! Desde os 13 anos eu faço isso,mas naquela época eu achava normal,já li q é só uma fase e tal. Mas agora eu tenho quase 18… até dá p/ gozar pensando em homem-mulher,mas demora demais e não é tão bom qnt pensando em mulher-mulher.
Não é falta de desejo pelo meu namorado nem nd,e eu nunca tive vontade de ficar c/ uma mulher,conheço garotas lésbicas,algumas até chegaram em mim,mas nunca fiquei afim.
Esse não é o tipo de coisa q dê p/ conversar com o namorado nem com as amigas,então eu fico me perguntando: isso é normal? será q tenho tendências homossexuais?

Obrigada!

Bianca

Parece meio complicado esse seu caso, mas até que é simples.
Você tem uma fantasia sexual, coisa que todo mundo tem, e acha legal pensar em “mulher-mulher”

Talvez por você ter se masturbado bastante pensando em “mulher-mulher” e tenha gozado, é possivel que tenha se acostumado e acabe pensando sempre nisso.

Isso não quer dizer que é lésbica, a menos que em algum momento você veja uma mulher e tenha vontade de transar com ela, aí sim você pode se considerar lésbica.

Imagino que algo que esteja te “preocupando” também seja o fato de você ter orgasmo mais forte se masturbando do que com seu namorado te masturbando.
Isso é normal também, acontece que quando a pessoa se masturba ela sabe exatamente o ponto que dá prazer, por isso chega lá mais fácil. Com o tempo você pode ensinar seu namorado e a coisa melhora.

agosto 28, 2009 Posted by | Uncategorized | 2 Comentários